shadows

Shadowhunter's: Cidade do Fogo Celestial (Comentário)

sábado, julho 05, 2014 Imperio Das series e livros 5 Comments

A resenha foi feita pela resenhista Jhully, este post é apenas para fãs que já leram o livro. (Comentários detalhados sobre o livro e a saga em geral. Contém Spoiler!)

— Não sei se vocês conseguem enxergar, mas tem alguma coisa... alguma coisa no fim do túnel.
— Uma luz? — disse Jace, a voz com uma ponta de sarcasmo. Os olhos delebrilhavam.

Devo confessar que estive lendo este livro desde um dia antes de começar a copa, então desde o dia 15 de junho. Como assim uma pessoa demora todo esse tempo pra ler um livro cara. Eu estava super julgando a Cassandra Clare por detalhar muito mas ai comecei a pensar, será que ela que escreve ruim ou eu que não consigo ler pelo celular? Então fiz o que minha mãe não pode nem sonhar, baixei o Adobe Reader novamente no computador (galera, sou proibida de baixar e instalar programas por muitas vezes que dei pau no pc por instalar photoshop e outros programas) e comecei a ler pelo computador. Adivinhem, comecei na tarde de quinta e terminei hoje, eu li 435 páginas em 36 horas (?)! Mas enfim, esse não é bem uma resenha que estou fazendo e sim um comentário sobre o livro. Se ainda não leu o livro peço que saia deste post e vá para outra resenha ou quadro do blog, e para quem acompanha a saga a resenha foi feita pela Jhully e você encontrará neste link. Agora para quem já leu o livro, pode continuar e ver a minha opinião e espero que no final de a sua opinião também nos comentários ok? Estarei esperando.



Vamos falar dos casais, Clary e Jace, nunca fui fã deles - a não ser pelo filme que ai eu super shippo eles e ainda me emociono toda vez que vejo a cena do beijo deles - mas neste livro eles mudaram muito, amadureceram muito e por fim Clary cedeu uma hora em que Jace virou homem e fez sexo com aquela menina. Que coisa não, depois de seis livros por fim acontece. Ta bom, eu estava super ansiosa pela cena por mais que eu tenha tido que ler duas vezes por que não entendi muito bem, o que foi aquilo? começou com um sonho e o lago do sítio de Luke e acabou que eles estavam o tempo todo na caverna? Aquilo foi realmente confuso mas não deixou de ser bonitinho. O mais engraçado foi Alec comentar da cara de quem fez sexo na noite passada do Jace. Oh God. Mas voltando ao casal, eu cheguei a gostar deles em muitos momentos, agora eles estavam mesmo "Me deixe por que sou perigoso pra você" e mais "Eu te amo e não vou te deixar" por que fala sério, eles me lembraram Bella e Edward. Vocês não? (Eu ainda farei um post falando de meus casais de Twilight, aguardem haha).
Eu sempre fui extremamente apaixonada pelo romance do ervilha doce - Alec Lightwood - e Magnus Bane e após eles terem terminado no outro livro a Cassandra Clare conseguiu despedaçar meu coração e mil, e o pior foi que de abril pra praticamente o dia em que a Jhully fez a resenha eu achava que Alec ia morrer neste livro, de tanto que Cassandra e os leitores falavam dos dois e de que provavelmente um deles iam morrer eu ficava super tensa toda parte do Alec e toda vez que aparecia o Magnus e quando Alec resgata Magnus, desde aquele momento eu já soube, eles ficariam juntos. Mas mesmo assim chorei, chorei muito em todas as partes deles e principalmente quando Magnus entrega a Alec o caderno onde ele escreveu praticamente uma grande parte do seu passado. Eu queria muito que Cassandra fizesse um livro só de Malec e Sizzy para eu chorar muito com momentos deles. Seria lindo.
Eu sei que estava de tpm mas será que tinha mesmo necessidade de chorar em todas as partes que aparecia Simon com a Isabelle? Cassandra soube desenrolar o romance deles a mil neste livro, e conseguiu me emocionar a cada cena, na cena que ela está indo para Idris, quando ele vai pra Idris e eles encarnam um romance muito bizarro (fala sério, foi bizarro) e Alec pega Simon em cima de Izzy praticamente seminus(?), quando ele fica embriagado com o sangue e vai até a casa dela e grita da janela "Isabelle, jogue suas tranças" e gritava "Eu te amo, e só saio daqui quando você dizer que me ama". Quando eles foram pra Edom, o ataque de ciúmes dela em relação a ele com Clary, a ela brigando com ele por ele só falar que a ama quando está embriagado ou morrendo, quando eles por fim tem uma DR e namoram. Quando ele perdeu toda a memória pra tirá-los de lá como consequência, o que foi aquilo, eu simplesmente chorei como se não houvesse o amanhã. Quando Izzy o vê na escola, e ele mesmo não lembrando muito chega a ela no casamento e diz "Eu sonho todas as noites com você. Eu não lembro exatamente de nós, mas lembro de ter beijado você, e sentia que uma parte de mim estava faltando. Essa parte é você". A fala sério Cassandra, tinha que me fazer chorar tanto com eles como fez neste livro? 
Deixa eu comentar, eu simplesmente achei desnecessário a morte de Jordan, eu amava ele com a Maia e simplesmente ele morrer no colo dela e depois ela dizer pro Morcego que ela ia terminar com ele. O que?!?!?! Ok, ele a machucou no passado, e ela não o amava mais como ele a amava, mas cara eles eram tão fofos juntos; Mas no fim Cassandra conseguiu fazer com que eu voltasse a gostar de Maia pois ela realmente me conquistou com Morcego e saber que eles ficam juntos no final me deixou muito grata. 

A narrativa do Livro realmente evoluiu mesmo desde o primeiro livro dela até esse, ela realmente pegou o jeito e agora sabe como nos conquistar. Ela simplesmente traçou os personagens das três sagas, Os Instrumentos mortais, As Peças Infernais e Os Artifícios das Trevas... Agora quero mais que nunca lascar um beijo nessa autora e falar "Cassandra Assassina Clare, você realmente roubou meu coração. I love you so much" hehehe; Agora quero mais que nunca ter a coleção da Cassandra na minha estante como eu tenho todos os livros da L.J Smith e quero também terminar o da Meg Cabot. Bienal falta 1 mês e pouco, comprarei ainda amanhã o bendito porquinho pra juntar dinheiro pra comprar todos lá. Aiai sonho.
O livro como dito antes estava chato no começo mas não era só por que estava realmente desanimador, mas por que eu estava lendo pelo celular, mas eu percebi a transformação de um livro onde Cassandra misturou guerra, romance e um final extremamente perfeito.  E a transformação não foi pela mudança da onde eu estava lendo e sim por que a autora realmente soube transformar e levar o livro pra frente. E posso dizer que por mais que o livro seja grosso ela realmente não nos enrola muito, é bem direta e explicativa!

Agora vamos falar de outros personagens como o Irmão  Zachariah, desde a hora que ele fala com a Jia sobre contar pra Tessa eu já soube que ele era um deles (eu ainda não terminei de ler Anjo Mecânico por isso eu não sei muito deles, além do que a minha parabatai me contou) mas no final quando ele entra com Tessa no casamento de Jocelyn e Luke e eles conversam sobre eles juntos ai eu juntei as peças e entrei na conclusão de que, eu preciso ler As peças infernais, e não importa que não seja pelo livro físico. Não vou aguentar esperar até final de agosto.
Emma e os irmãos Blackthorn me conquistaram, com muitas lágrimas e realmente quero a Dru pra mim. Tão criança e tão guerreira fugindo com o irmão no colo - o que um bebe de 2/3 anos segurando um bebe de 8 meses, não é impossivel - mas ela aguentou tudo, tinha pesadelos anoite mas foi forte e quero muito saber mais dela. Espero que ela junto com Julian esteja em Os Artifícios das trevas.
Sebastian - ou melhor dizendo, Jonathan - nunca gostei dele, eu realmente não sei como tem gente que gosta dele, é sério. Não é por ele ser mal, eu gosto de bad boys, ele simplesmente não fez diferença pra mim na saga e achei desnecessárias muitos sangues que ele derramou. Mas confesso que chorei quando ele foi apunhalado pela espada com o fogo celestial e pediu perdão pra mãe, pra irmã e pra todos, ele virou bom por uns minutos e logo morreu. Todos acharam que ele não devia ter morrido - todos os que vi resenha e quem conheço que leu - mas eu por mais que tenha chorado eu não acho que foi ruim, eu adorei e não julgo a autora por ter feito isso. Ficaria brava se fosse um dos meus favoritos, mas o futuro dele estava claro desde o primeiro momentos. Todos sabíamos que ele acabaria morto. Querendo ou não. E achei que ela decidiu o fim de cada personagem muito bem, eu acho que o Simon esquecer de todos foi mancada, mas foi bonito até o fim dele com a Izzy.

Com este post enorme deu pra entender um pouco da minha opinião sobre o livro não? deixei claro muitas coisas, minha opinião sobre cada casal, sobre a autora, escrita, outros personagens, e também que eu chorei muito, muito a ponto de soluçar. Vergonha alheia de mim mesma. Fato. Mas espero que tenham gostado e não esqueça de deixar a opinião da leitura ai nos comentários, eu quero saber. Se você leu este post e ainda não leu o livro e achou tudo muito spoiler, eu avisei lá no começo então não fale que não avisei. Domingo ou segunda venho com uma resenha nova pra vocês. Fiquem ai com uma frase Sizzy que pelo amor de Deus, impossível não rir.

— Somos namorados oficialmente? Existe algum ritual de Caçadores de Sombras? Devo mudar meu status do Facebook de “em um relacionamento complicado” para “em um relacionamento sério”?
Isabelle franziu o nariz de um jeito adorável. — Humm, mudar status do Facebook? Facebook…? Você tem um livro quetambém é um rosto?

Comentário de: Isabella Fernandes

26º livro do ano. 
Desafio 52 livros em 52 semanas.

You Might Also Like

5 comentários:

  1. Parei a série no segundo volume e não sei se volto.
    http://charlottebillman.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Jaqueline, sério?
      Eu também ficava assim, mas no fim eu li o terceiro e simplesmente amei! Pois ér.

      Excluir
  2. Eu chorei, gritei, ri, esperneei, surtei, fiquei sem acreditar e acabei o livro. Resultado: ressaca literária. Não consegui ler nada decentemente depois, isso porque li DUAS vezes e algumas passagens umas 30 HAUHAUAHUAHUAUAH

    Concordo com você sobre o final. Mesmo eu tento visto aquele gancho que ela deixa para a próxima coleção. E já fiquei interessada nela pelos personagens apresentados.
    Achei um final justo, menos para o Simon e a Izzy - meu coração ficou muito apertado -

    A Rainha, Ana P. Maia ♛ - Venha conhecer o Castelo!
    http://booksandcrowns.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Novamente você simplesmente escreveu em duas pequenas frases tudo o que senti nessa última semana. Cara esse livro, eu até hoje choro a noite (ta não choro, mas eu fico muito triste mesmo a ponto da minha irmã de 9 anos me consolar) simplesmente acabou com minhas forças pra ler de tanto que chorei e ri e surtei com ele.
      Pois é! Esses personagens já estão assim em relacionamento sério com minha mente, eu não paro de pensar se eles vão ficar juntos e oque será deles... Por favor que saia logo esse livro antes que eu infarte.
      Sobre Simon e Izzy, eu ainda não me conformo! Mas acho que a melhor parte disso tudo é que foi provado que a Izzy vai lutar por seu Lord Montgomery!

      Beijos rainha shadowhunter (:

      Excluir
  3. Meu deus! Lendo essa resenha fiquei com muita vontade de começar a ler os livros, mas posso pedir um spoiler? O que acontece no final com Sizzy? Eles são meu casal preferido por causa do filme e agora com a série de tv nem se fala! Beijos!!!!

    ResponderExcluir